O Evangelho. Segundo Marcelo Appezzato - Ep. I

Genial! 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Playlist: Marcelo (HUTT)

Finalmente saiu essa playlist! 

Não por conta dele hehe, mas primeiro que toda vez eu pensava em pedir esse lance pro cara, acontecia alguma coisa e eu esquecia, depois lembrava, depois esquecia… Até que um dia peguei o bicho online, em uma das raríssimas exceções que isso acontece, e finalmente arranquei o post dele. 

Até aí beleza, ele fez, me mandou rapidão e olha que teve um puta trampo, mandou bem pra caralho, porém o mongo aqui tá num corre animal e não conseguiu fazer antes, portanto são 13 dias desde que ele me mandou! UM RECORD ABSOLUTO do descaso, da demora, da falta de consciência pública e da má-vontade cabulônica.

Enfim, está aí… Marcelo Appezzato, da maior corporação cinematográfica do Brasil, a Black Vomit, e o monstruoso vocal do monstruosérrimo HUTT, que acabou de lançar o Monstruário, via Criminal Attack (selo do Bruno, um truta doidão dos rock da vida) e é seguramente um dos discos mais foda do ano. 

Aliás caras, antes de ler a playlist e começar a baixar os plays que estão aí, ouça esse play do Hutt e compre esse disco, pelo amor dos Georvázeos. Toda a arte do bagulho é animal, vale cada centavo que você gastar e nem to fazendo lobby, mas esse disco TEM que ter.

MP3 Worshipers FUCK OFF!  

Cara, eu estou numa fase em que pego muito pouca coisa nova.

Continuo ouvindo as mesmas coisas que ouvia em k7 quando era moleque. Faço parte do CLUBE DOS 12: Distintos cavalheiros e senhoritas que se recusam à evoluir da idade mental de 12 anos. Pelo menos no que diz respeito à música.

Então vou citar alguns dos álbuns mais importantes na (de)formação do meu caráter.Vamo lá:

CRYPTIC SLAUGHTER - CONVICTED

Puta bagaceira desgraçada!!

Enquanto o D.R.I.(outra banda que amo) tirava o pé do acelerador, na segunda metade dos anos 80,esses lazarentos lançam essa jóia rara em forma de microssulco.

Acho que essa onda de “revival thrash/crossover” que tem rolado nos últimos tempos ,pelo menos , serviu pra essa galera mais nova conhecer bandas maravilhosas como o CS.

Convicted e também o Money Talks foram relançados em cd pela Relapse  em 2003 com um monte de bônus.A versão de Low life do Napalm também ficou genial.

Mitch Harris fazendo vocais nos leva ao próximo play.

DEFECATION - PURITY DILUTION 

Projeto paralelo de Mick e Mitch Harris do Napalm Death. Esse disco foi gravado em 1989 e eu sou suspeito pra falar,pois se hoje tô nessa de ter banda e tocar barulheira,grande parte é culpa desses caras.

Mick e Mitch, que na época, lá em Mogi Guaçu, especulávamos serem irmãos (NÃO EXISTIA INTERNET OK?),dividiam os vocais em todas as musicas. As fotos da contracapa eram no quarto do Mick e eu e os camaradas que curtiam som comigo anotávamos os nomes das bandas que estavam nos posters das paredes para procurarmos depois.

Comprei esse play em 93 e tenho ele até hoje no hall dos discos que vão ser enterrados comigo. Não há falta de grana que faça eu vender essa porra! Depois de muito tempo o Mitch gravou sozinho um segundo disco do Defecation mas nem se compara a esse. Acho que sempre foi um disco subestimado.

Todos lembram do Terrorizer (World Downfall também é perfeito), mas Defecation nem todo mundo conhece, mesmo tendo sido lançado no Brasil em 1991 pela rock brigade records. Azar o deles.

INFERNO - TOD & WAHNSINN

Hardcore em estado bruto! Cuspido de um jeito que só alemão sabe fazer.

Capa do Pushead? Músicas de menos de 1 minuto? Tô nessa!!!

Foi gravado em 1983 pelo Harris Johns, no Musiclab na Alemanha. Pra quem não sabe o mesmo produtor e  estúdio  em que o RDP gravou o Brasil e o Anarkophobia. O S.O.D. gravou um cover de Ram it up no Speak English or Die e o próprio RDP gravou 1983 no  Feijoada Acidente.

REPULSION - HORRIFIED

Fiquei sabendo que eles voltaram a tocar algum tempo atrás. Espero  que venham tocar por aqui! De preferência com o HUTT abrindo. Lembro do dia em que fui a galeria do rock e achei o ep “Excruciation”.

Foi um dos melhores dias da minha vida. Na época eu ainda morava no interior. Peguei o busão e fui embora com o disquinho embaixo do braço. Cheguei em casa e acabei passando a noite inteira ouvindo as 2 musicas do play e observando a capa linda. Não conseguia tirar ele da vitrola.

Minha mãe adorou !6 da manhã do dia seguinte ela levanta pra ir trabalhar, abre a porta do meu quarto e lá estou eu sem dormir, com os olhos estalados ouvindo "Helga lost her head" pela centésima vez.

Escola o caralho!!!

FACADA - O JOIO

Orgulho demais de ser amigo desses mazelas!

O disco anterior “Indigesto” já era lindo e agora “O Joio” veio pra provar que o Facada está no topo da lista das melhores bandas de grindcore do mundo.

Nesse disco gravaram  covers do maravilhoso Filthy Christians e do DFC. Se você ainda não tem ,compre com os caras, roube  de alguêm ou troque em crack.

DEPHOSPHORUS - AXIOM

Não entendo porque com toda a tecnologia de hj ainda existem bandas que fazem questão de deixar o som uma merda. Parece que o vocal tá cantando com a cabeça enfiada num balde.Pelo menos as musicas são curtas.

Gostei do som da guitarra. Até que é legal,vou ouvir com mais calma.

ACEPHALIX - INTERMINABLE NIGHT

Noite interminavel, músicas intermináveis.

Os caras são bons mas dava pra fazer uns 4 cds com tanta base e solo.Ainda prefiro o Amebix!!! (N. do IB - Depois encontrei com ele e ele comentou “É que mano, música longa pra mim é Megadeth! - tá certo!)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entrevista: Alton (ABERRANT)

Quinta feira agora, dia 31/03 no Sattva Bordô é o kick-off da tour do ABERRANT pelo Brasil ao lado dos MONSTROS nacionais do DER e HUTT, aliás será a segunda vez que vejo o HUTT, desde um dos shows da demo Miserável (2003), lá se vão 8 anos.  

Pra saber um pouco das expectativas dos caras sobre a tour por aqui, dei um intimão no vocal da banda, Alton, sobre sobre som, a tour recente no Japão e se ele curte um Judas Priest.

Se liga ae e se liga pq caso o bonde da grindera passe pela sua cidade, faça de tudo pra colar, ou sofrerá Bullying daqui uns anos quando seus amigos comentarem role - Confie, isso acontece.

1. Vocês acabam de voltar de uma tour japonesa com os caras do Darge e tal, como são as coisas lá? Você sentiu muito com a diferença cultural? Como foram os shows em termos de público, receptividade, etc?

A cena japonesa é matadora! Não diria que houveram grandes diferenças culturais, já que grind é um lance meio que universal. Fora desse contexto, bem, é um mundo completamente diferente do que nós americanos estamos acostumados. As pessoas que conheci no Japão, definitivamente estão entre as mais educadas e polidas que já conheci!

Os shows foram incríveis, ainda mais se tratando de uma banda americana desconhecida, fomos muitíssimo bem-recebidos e a molecada pogava e moshava. Tocamos com bandas como Disgunder (membros do 324), Abigail, Deadly Spawn, Swarrrm, Carcass Grinder, Little Bastards (duas vezes!), Riverge, Fortitude, Eternal Elysium, Coffin Teens (amei essa banda, não é grind nem nada, mas é foda), Ada Max, Easies e o foderoso Unholy Grave. Bush Bash foi foda, Socio Mura America foi surreal pra dizer o mínimo…e Huck Finn com o UG foi demais! INFERNO GRIND EM NAGOYA! Hehe


2. Além da Criminal Attack Records e do D.E.R, você já conhecia algo da cena brasileira?

Sou fã do RDP desde que peguei uma cópia do Anarkophobia na minha adolescência, também tinha uma compilação da Maximum Rock’n’Roll “Welcome To 1984” em vinil que tinha uma canção das mais gloriosas… “Nada” do OLHO SECO!!! South America In Decline também é uma puta compilação, Armagedom é animal e HUTT e TEST são bandas matadoras!

3. O Aberrant completa 10 anos, porém, sem um full-lenght ainda, só participando em splits e compilações. Há planos para um álbum em 2011 ou apenas turnês?

Não não, nada de disco, até mesmo por conta do hiato de 4 anos e meio da banda, por conta de trampo, falta de baterista, etc. Felizmente conhecemos o Gordon e o bicho é uma máquina, uma metralhadora Gatling humana e temos muita sorte de tê-lo conosco.

Pra 2011, já gravamos umas faixas pra um split LP com o D.E.R, como você já deve saber. Também um 7” com o Darge, uma discografia à ser lançada pela Scrotum Jus, chamada “Complete Grindworks” e… SIM! Finalmente um ÁLBUM!!! Temos planos de gravar o “The Torture Sessions” também à sair pela Scrotum Jus Records neste ano ainda, bem como um 7” com o Carcass Grinder.

Também adoraríamos fazer uma turnê pela Costa-Leste dos EUA assim que pudermos…

4. A cena de Death Metal/Grindcore do Colorado tem o Cephalic Carnage como uma das bandas mais representativas, porém não é meu tipo de som. Você recomendaria alguma banda? Como é a cena de lá, atualmente?

Haha! Sempre escuto isso… A cena de Denver sempre foi forte, sempre com trocentas bandas nessa pegada DIY e alguns bares que simpatizam com grind e tal, pena que nem todo mundo consiga certa exposição, saca? É um bom lugar, se puder, dê uma sacada nos vídeos do Wormrot no Blast-O-Mat.



5. O Aberrant toca um death/grind com raízes no oldschool, com produção crua, mas ainda incluindo algo de mais moderno. Como você vê o grindcore atual? Quais as principais influências do Aberrant hoje em dia?

Acho que a cena grind tá muito forte agora, muitas bandas fazendo coisa foda. Em termos de influências… Nasum sempre será um grande nome pro Chris, piramos em Rotten Sound, Wormrot é foda! Amo Haemorrhage e Machetazo, Carcass Grinder. Little Bastards, Unholy Grave, Splatterhouse, Ghoul, curtimos muita coisas das antigas e paradas como His Hero is Gone, Ojo Rojo, Logical Nonsense, Word Salad, Infest, porra, acho que a lista não tem fim, hehe.

6. Eu fiz a mesma pergunta pra Stevie (do Dark Castle) há um tempo atrás e ela não conseguiu responder, então lá vai – Misfits ou Discharge? Iron Maiden ou Judas Priest? Nasum ou Cradle of Filth?

Putz, essa é difícil, bicho. Ok, ok, Discharge é matador, começaram todo um gênero, mas o “Where Eagles Dare” tirou até uma reação da minha mãezinha quando ela sacou a letra ao passar pelo meu quarto, nunca vou esquecer, haha. O Misfits foi uma grande parte da minha formação, eu amava e minha mãe odiava, haha. Então, MISFITS!

Agora, em termos de Iron Maiden e Judas Priest… EMPATE! Maiden tinha as capas mais fodidas e que me intrigavam quando eu era molecote, tinha pôster pra tudo que é lado e as letras eram ÉPICAS! Agora o Priest tem o KK e o Glenn, Halford como frontman…

No mais, NASUM! NASUM! NASUM!



7. Pra encerrar, mande um recado pra todos os grindeiros brasileiros que tão por aí!

O Aberrant fica honrado de ter sido chamado pra tocar no Brasil! Mal podemos esperar pra chegar aí e quebrar tudo. Queremos conhecer e dar um rolê com todo mundo!

Venham ao RJ nas nossas folgas e vamo farrear! Obrigado ao Bruno e à Criminal Attack! Obrigado ao D.E.R e o HUTT! Valeu Brasil!

5. Little Bastards - “Piss Head Filthy Punk Grinder”
Os caras são gente fina, mandam bem pra cacete ao vivo e esse disco é demais.

4. Circle Jerks - “Golden Shower of Hits”
Grande banda, grande disco e grande capa!

3. The Exploited - “The Massacre”
Exploited regra demais, punk não morreu, JESUS MORREU!

2. Wormrot - “Abuse”
Amo esses caras (N. do IB - Vai tomar no cu, esse WORMROT É UM ESPETÁCULO!)

1. Adrenalin O.D. - “The Wacky Hi-Jinks of Adrenalin O.D.”
Discaço!

A T E N Ç Ã O: Dê um RT quando surgir a divulgação do post no toíter, cole no show e concorra a um Dinossauro + Carrinho de Fricção 0KM em uma super-promoção maluca Criminal Attack/IB.

Ps. Essa promoção pode efetivamente não existir, mas prove que você gostaria de ganhar um dinossaurinho num monster truck de fricção e dê RT.

Se liga as datas ae e veja qual dia que o circo passa pela sua cidade:

31/03 (quinta-feira) - São Paulo/SP

  • Com: D.E.R., Hutt e Social Chaos.
  • Local: Club Sattva Bordô - Praça Roosevelt, 82, Centro.
  • Ingresso: R$8,00
  • Horário: 20h00


01/04 (sexta-feira) - Itabira/MG

  • Com: Hutt, Test, Expurgo e Fecal Devastation.
  • Local: ValérioDoce Boate Night Club.
  • Ingresso: R$8,00 (Antecipado) R$12,00 (Na porta)
  • Horário: 19h00

02/04 (sábado) - Vila Vilha/ES

  • Com: D.E.R., Hutt e I Shit In Your Face.
  • Local: Ainda não definido.
  • Ingresso: -
  • Novas informações em breve.


03/04 (domingo) - Rio de Janeiro/RJ

  • Com: D.E.R., Deus Castiga, Horrificia e Hutt.
  • Local: Audio Rebel - Rua Visconde Silva, 55, Botafogo.
  • Ingresso: R$10,00 (Lista amiga no e-mail dcrecords666@gmail.com) R$15,00 (Na porta)
  • Horário: 16h00


07/04 (quinta-feira) - São José dos Campos/SP

  • Bandas de abertura: DST e Hutt.
  • Local: Hocus Pocus - Rua Paraibuna, 838, Jd. São Dimas.
  • Ingresso: R$10,00
  • Horário: 22h00


08/04 (sexta-feira) - Santos/SP

  • Bandas de abertura: Hutt, Test, Le Mars e Like Texas A Murder.
  • Local: Coliseu do Rock - Av. Visconde de São Leopoldo, 212, Centro de Santos.
  • Ingresso: R$10,00
  • Horário: R$22h00


09/04 (sábado) - Maringá/PR

  • Bandas de abertura: D.E.R., Hutt, Subcut e Desgraceria.
  • Local: Tribo’s Bar - Av. Cerro Azul, 628.
  • Ingresso: R$10,00
  • Horário: R$23h00


10/04 (domingo) - Ourinhos/SP

  • Bandas de abertura: D.E.R. e Hutt.
  • Local: Ainda não definido.
  • Ingresso: -
  • Novas informações em breve.


11/04 (segunda-feira) - Bragança Paulista/SP

  • Com: Leptospirose e Sujeito à Lixo.
  • Local: Taberna Dharma Rock Bar - Av. José Gomes da Rocha Leal, 1451, Centro.
  • Ingresso: R$5,00
  • Horário: 20h00

INFORMAÇÕES

http://www.myspace.com/aberrant303
http://www.myspace.com/huttgrind
http://www.myspace.com/derpunk
http://www.criminalattack.com

CRIMINAL ATTACK RECORDS
www.criminalattack.com

> Traduzido por: Thiago “Índio” Silva

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...